Notícias

Flor da Serra do Sul, PR °min °max

Sulflorenses criam grupo Bom Samaritano

O objetivo é reunir pessoas que querem ajudar àqueles que precisam de ajuda

Um grupo de sulflorenses está se mobilizando com o objetivo de ajudar o próximo. Conforme conta Nilton Moroni, um dos integrantes, o grupo está sendo formado, mas já vem desenvolvendo algumas ações no município. “Nós resolvemos ajudar um cliente nosso que sofreu um acidente há um ano, ficou com alguns problemas em uma das pernas e precisa fazer uma cirurgia para poder voltar a se movimentar, ele chama-se Mauro Neis”, detalha Moroni.

“Ai nos reunimos lá em casa, convidei alguns amigos, e tivemos a ideia de fundar o Grupo Bom Samaritano. Ainda estamos organizando como vai funcionar, mas já estamos ajudando algumas pessoas do nosso município”, detalha.

O grupo decidiu fazer um jantar beneficente, que vai acontecer no dia 6 de abril, no CTG de Flor da Serra do Sul. Os ingressos estão disponíveis em alguns comércios da cidade, incluindo o Mercado Moroni, e custam R$ 20. O cardápio do jantar vai ser risoto no tacho, com acompanhamento de saladas. Os gastos com a cirurgia serão de aproximadamente R$ 27 mil. “Vamos ver o quanto vamos arrecadar, se pudermos levantar todo o valor melhor”, afirma, destacando que além do jantar também haverá um bingo com muitos brindes doados pelo comércio e comunidade local.

Na primeira reunião do grupo na casa do Moroni haviam 10 pessoas, mas o grupo está crescendo. “Tem bastante gente nos procurando querendo entrar, participar com a gente. Após esse primeiro jantar beneficente vamos manter um caixa para conseguirmos ter recursos para ajudar outras pessoas. Ainda está no começo, Mas a ideia é ampliar nossa atuação”, afirma.

Moroni destaca que os integrantes do grupo tem como principal objetivo auxiliar a comunidade com trabalhos voluntário e beneficentes. “O que a gente quer é ajudar as pessoas. Para aquilo que o poder público não pode fazer, e nós pudermos, estaremos aqui. Portanto quem tem interesse em participar, ou fazer alguma doação, pode nos procurar e se informar, toda ajuda é bem-vinda”, destaca.

Reconstruindo histórias

Às margens da BR 280, havia uma casa que pegou fogo, e na semana passada, integrantes do grupo Bom Samaritano foram até lá para ajudar a reconstruir a casa para uma nova família morar. “Inclusive pessoas e empresários de Palma Sola ajudaram. Estamos arrecadando roupas e o que mais as pessoas puderem doar”, afirma.

Roberto de 45 anos, junto com a esposa Ângela e a filha pequena Giliane estão há poucos dias em Flor da Serra do Sul. Uma família humilde, simples, com poucos pertences que se mudou para cá em busca de uma nova oportunidade. Ele conta que vieram de Francisco Beltrão para a região, e inicialmente procuravam uma casa para alugar, ai conheceram o dono do terreno que vendeu para a família poder construir uma casa às margens da BR-280. Enquanto a casa não fica pronta a família vive em um barraco com algumas doações que já receberam. “Eu sou missionário, mas agora como a menina está indo na aula não podemos mais ficar andando muito por ai. O que eu quero é trabalhar com a agricultura, plantar salada e verduras para vender na cidade”, conta.

Ele é natural de Curitibanos e a esposa de Guaraciaba. “Casamos no civil e na igreja, em 21 de julho de 2006. E agora vamos ficar por aqui. Não sei o que aconteceu com a casa que havia aqui, mas agora estamos nos estabelecendo. Agradecemos a ajuda de quem se ofereceu”, finaliza.