Notícias

Flor da Serra do Sul, PR °min °max

1° Coleta de Eletrônicos realizada em FSSul

No dia 4 de outubro, no município de Flor da Serra do Sul, foi realizada a 1° Coleta de Eletrônicos. Os materiais coletados são: computadores, televisores (Inteiro), Impressoras, notebooks, rádios, microondas, forno elétrico, máquina de lavar, celulares, informática em geral, fios, baterias, pilhas, HDs. Ao todo foram coletadas aproximadamente três toneladas de lixo eletrônico, o principal material coletado foi televisor.

Segundo o secretário do meio ambiente, Celso Fantin, o objetivo dessa coleta é retirar de circulação e do meio ambiente esse lixo eletrônico, que muitas vezes estão jogados na beira do rio, BR-282, contaminando o ambiente.

“Esse projeto já vinha sido pensado a algum tempo atrás. Começou através do Fernando Segala que trabalhava no município. Foi feito um requerimento para instituir a coleta de eletrônicos no município, e passou por uma votação na câmara de vereadores, onde foi aprovado. Segala entrou em contato com a empresa de Francisco Beltrão cerca de um ano atrás, porém não foi feita a coleta naquele ano” comenta Celso.

A empresa Beltrão Solução Ambiental Coleta de Eletrônicos, especializada somente em coleta de lixo eletrônico, entrou em contato com a prefeitura para coletar o lixo eletrônico. Este lixo não pode ser jogado em qualquer local, ele precisa passar por uma empresa especializada, para fazer a descontaminação, tem que ser separado peça por peça, e dada a destinação correta para cada um.

Após a coleta a empresa faz a triagem e separa o lixo doméstico do de informática, é feito uma desmontagem, descaracterização reversa, ou seja, de fora para dentro. É retirado desde o parafuso até o vidro. Depois é feito uma seleção por classes, classe 1 e classe 2.

A Classe 1 é contaminante, e precisa ter um cuidado diferenciado. Um dos materiais dessa classe é o vidro da televisão que contém chumbo, fósforo, berílio, e um gás contaminante tóxico. Esse vidro precisa ser encaminhado para uma empresa especializada, em fazer a descontaminação. Nessa empresa fazem uma limpeza do vidro, descontaminação, e depois é triturado e misturado na tinta de demarcação viária, que possui a característica refletiva, por conta do vidro triturado. Ano que vem a secretaria do meio ambiente pretende fazer novamente a coleta, uma ou duas vezes por ano. “Quero agradecer o pessoal que ajudou, e a população que esteve contribuindo nesse dia. Quero pedir para quem não colaborou, que nos ajude. Estamos aqui para ajudar o povo, mas também precisamos que a comunidade colabore e contribua para que ajudemos a cidade e meio ambiente” finaliza Celso.