Notícias

Flor da Serra do Sul, PR °min °max

Ação pela qualidade de vida dos idosos

O número de idosos aumenta a cada ano e há uma preocupação do poder público em oferecer, cada vez mais, atividades voltadas a esse público. Pensando nisso, o município de Flor da Serra do Sul aderiu ao programa voltado para os idosos e participou, de um seminário da Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa.

O evento, que foi realizado em Francisco Beltrão, contou com a participação da gestora de Assistência Social Ivonete Zanella e da técnica da Assistência Social Andreia Vargas dos Reis. O Seminário foi promovido pela Secretaria Especial de Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, junto com a Secretaria da Justiça, Família e Trabalho (SEJUF/PR), e Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (Amsop), além da presença da deputada federal do Paraná, Leandre Dal Ponte (PV).

Através da participação do seminário e da adesão de Flor da Serra do Sul à Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa, o município recebeu a primeira estrela, que representa a adesão ao programa, e conforme for realizando mais ações voltadas para o público idoso, irá receber mais reconhecimentos. “Nós já contamos com o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, então agora vamos realizar o diagnóstico municipal sobre a realidade do nosso município e depois passaremos para a construção do Plano Municipal de Envelhecimento Ativo, fazendo uma busca dos idosos, que são cerca de 850 no município, para incluí-los em ações e atividades”, explica Andreia.

Dos 850 idosos do município, cerca de 400 participam das ações dos Clubes dos Idosos. “A ideia é fazer um levantamento através de entrevistas, para compreendermos quais as necessidades deles no município, o que precisamos fazer para que eles tenham uma melhor qualidade de vida, por isso é importante conversar com eles e ouvir o que têm a dizer”, enfatiza.

Essa será uma ação inter-setorial que irá envolver Saúde, Educação, Assistência Social, Esportes e demais departamentos. “Atualmente temos o plano municipal dos direitos da pessoa idosa, e a ideia é, através desse levantamento, atualizar o plano que já temos, para depois continuar alimentando o sistema do programa com as ações que o município está fazendo para melhorar a qualidade de vida do idoso”, finaliza.